') popwin.document.close() }

Jornal Olho nu - edição N°214 - Setembro de 2018 - Ano XIX

Anuncie aqui

Tambaba Open de Surf Nu 2018: o brilho continua

por Pedro Ribeiro

Vinte atletas se inscreveram para participar da 11ª edição do Tambaba Open de Sur NU, nas várias categorias.

 

Img: Pedro Ribeiro

Grupos naturistas de outros pontos do país vieram prestigiar o evento trazendo mais alegria e participação

A praia de Tambaba continua linda e maravilhosa como sempre, mas no final de semana do feriadão de 7 de setembro ela brilhou ainda mais. Era a 11ª edição do Tambaba Open de Surf Naturista, a tradicional competição esportiva que traz ao Município do Conde jovens surfistas naturistas para uma competição para lá de especial. Iniciada exatamente há 10 anos como uma das atrações do XXXI Congresso Internacional de Naturismo realizado na idílica praia naturista em 2008. Desde então o Movimento Nu promove o evento anualmente, a única competição naturista do tipo do mundo.

 

Img: Pedro Ribeiro

O corpo de jurados desta vez contou com um integrante mirim, Pedro que julgou como profissional

Torneio reconhecido pela Federação Paraibana de Surf, os atletas que são premiados pontuam no campeonato estadual. Os juízes que julgam as manobras dos competidores são integrantes da comissão esportiva do surf do estado. Essa oficialidade toda não inibe o traje naturista para todos: atletas, juízes e espectadores estão inteiramente nus. Porém na hora da competição os atletas vestem uma malha colorida para poderem ser identificados pelos juízes dentro da água. Muitos naturistas vêm especialmente para a praia de Tambaba assistir a competição, aumentando ainda mais o movimento turístico na região.

 

Img: Pedro Ribeiro

Carlos Santiago é o  criador e o coordenador do projeto Surf Nu

Carlos Santiago, fundador do Movimento NU e atual secretário da SONATA (Sociedade naturista de Tambaba) é o mentor de todas as edições do torneio. Chegou anunciar na edição passada que aquela seria a última que organizaria, porém voltou atrás e novamente esta edição foi o resultado de sua perseverança e organização exemplar.

 

Do Rio Grande do Norte uma boa parte dos associados do grupo NU-RN, liderado pelo seu presidente Samuel Cunha, veio prestigiar o evento de maneira alegre e divertida. De Pernambuco seis jovens naturistas acamparam na praia só para poderem participar da experiência esportiva naturista bem como curtir integralmente a badalada praia. De São Paulo, Sérgio Bigarini e Maurício Borin, membros do NIP, vieram inclusive para oferecer premiação aos vencedores. Também o presidente da FBrN, Pedro Ribeiro estava presente e participativo. E a praia estava lotada de banhistas anônimos.

 

Img: Pedro Ribeiro

Dhiego Santos surfou nu pela primeira vez na vida

Em todas as edições há novatos na experiência de surfar nu e, às vezes, na experiência naturista também. Este é o caso do estudante do curso de bombeiro civil Dhiego Santos, 23 anos, paraibano do município do Conde. Apesar de ser amigo de quase toda a "galera" inscrita na competição, somente agora resolveu vencer o receio de praticar o Naturismo, mas ele é também quase calouro no surf, pois só o pratica a cerca de três meses. "No começo você fica meio tímido, mas depois vai se acostumando e fica de boa", confessa Dhiego, que competiu na categoria iniciante. Fora o surf tem o hobby da fotografia. Após sua performance nas ondas de Tambaba, disse que a experiência foi "massa" e que vai voltar sempre à praia para praticar o surf nu.

 

Img: Pedro Ribeiro

Reginaldo Filho é dos mais antigos competidores do Tambaba Open de Surf

No oposto, exatamente na posição de superexperiente na participação do surf nu está o veterano Reginaldo filho, que participa desde a primeira edição em 2008. Ele é uma das promessas do surf paraibano e brasileiro por causa da alta categoria de suas performances nas diversas ondas das praias dos estados do Nordeste. Já foi bicampeão paraibano, vice-campeão e campeão brasileiro na categoria iniciante mirim. Aqui no surf nu é quase hors-concours pois em todas as edições foi premiado e em quase todas levou a primeira colocação. Tudo isso realizado por um rapaz de apenas 15 anos de idade. Sobrinho de vários outros surfistas e principalmente filho de Reginaldo da Silva (conhecido aqui como Reginaldo Pai), outro surfista competidor do Tambaba Open desde a primeira edição, deu no que deu, Reginaldo (o filho) está sempre treinando e nunca perdendo o foco. Apesar de tanta dedicação ao esporte não descuida dos estudos. É aluno do ensino básico de uma escola do município do Conde onde nasceu e reside.

 

Img: Pedro Ribeiro

Autoridade do Estado da Paraíba, o secreta´rio executivo do Turismo, Ivan Burity visitou o evento

Reginaldo Filho descobriu o Naturismo depois do surf, mas hoje em dia o Naturismo veio para ficar na sua jovem vida, treinando constantemente na área de Tambaba. Para o futuro imediato sonha em ser campeão brasileiro mirim, e, se espelhando no campeão mundial Gabriel Medina, seu ídolo, sonha também ser campeão mundial. Suas excelentes atuações têm lhe rendido ajuda da Prefeitura do Conde para participar de competições oficiais fora da cidade. E no final do ano tem convite para treinar no Rio de Janeiro durante suas férias escolares, mas que está condicionado às suas manobras radicais também na sala de aula..

 

Reginaldo Pai também tem excelentes perfomances nas competições do surf nu e acha que acabou por transferir seu próprio sonho de ser surfista profissional para o filho, dando oportunidades a ele que ele próprio não teve. Nesta edição do Tambaba Open competiu conta seu próprio filho em uma das categorias. O resultado disso leia abaixo.

 

Img: Pedro Ribeiro

Premiados e premiadores posam descontraidamente para o registro fotográfico após a entrega dos prêmios

Categoria Iniciante:

Campeão: Anderson Ferreira

Vice-campeão: Matheus Ferreira

3º lugar: Samuel Douglas

4º lugar: Juarez Tertuliano

 

Categoria Local:

Campeão: Reginaldo Filho

Vice-campeão: Marlinson José

3º lugar: Roberto Marciel

4º lugar: Reginaldo Pai

 

Categoria Open:

Campeão: Reginaldo Filho

Vice-campeão: Willian Meira

Img: Pedro Ribeiro

Marcos Bilú, veterano no surf e no naturismo também veio pestigiar o evnto com sua presença

3º lugar: Marlinson José

4º lugar: Haroldo

 

Comissão de Arbitragem:

Wagner Oliveira

Oscar

Pedro

 

Diretor técnico: Wagner Oliveira

Comissão de Inscrições: Genilson da Silva Souza

Coordenação Geral: Carlos Santiago

 

Img: Pedro Ribeiro

Diversas bandas de reggae animaram a festa de confreternização entre surfistas e naturistas na pousada Arca do Bilú

Na noite de sábado houve a tradicional festa Reggae na pousada Arca do Bilú com a banda Reggaer. Centenas de jovens se reuniram para confraternizar e dançar ao som malemolente de outros grupos convidados.  

 

O Tambaba Open de Surf naturista tem sido a principal competição esportiva naturista do Brasil e serve de vitrine para nosso estilo de vida e traz muitos jovens para sua descoberta.

 

(enviado em 11/09/18 por Pedro Ribeiro)

 

Aguarde: Vem aí a galeria de fotos do 11º Tambaba Open de Surf Nu   


Leia matéria no Estadão: https://viagem.estadao.com.br/

 

A Praia de Tambaba será palco de mais uma edição do Tambaba Open de Surf Naturista. Uma competição em que todos competem naturalmente nus!

 

A praia de Tambaba, na Costa de Conde/PB, famosa pelas belezas naturais e por permitir a prática do naturismo, nos dias 8 e 9 de setembro de 2018 será palco da 11ª Edição do Tambaba Open de Surf Naturista.

 

O Tambaba Open, conhecido também como “SurfNU”, foi apresentado pela primeira vez no 31º Congresso Mundial de Naturismo em 2008, na praia de Tambaba, e de lá prá cá são onze edições promovendo e divulgando o naturismo e o surfe ao natural.

 

Reconhecido como principal evento esportivo naturista do país, o Tambaba Open também se consolida como um produto turístico e recentemente uma referência acadêmica apresentado em Congresso Internacional Interdisciplinar (Turismo Esportivo) em Montpellier/França, contribuindo para uma maior visibilidade mundial.

 

Há expectativa da organização que o Tambaba Open deste ano bata todos os recordes, tanto de público quanto de competidores mediante a procura por informações sobre o local e a competição.

 

Serão disputadas 03 (três) categorias, sendo: Iniciante, Local e Open e premiará os 04(quatro) melhores de cada categoria. A primeira colocação receberá prancha, troféu e brinde, enquanto que as demais colocações serão premiadas com troféus e brindes.

 

A inscrição custa R$ 30,00 (trinta reais) por categoria e serão realizadas nos dias 8 e 9/set, no período da manhã, das 10h00 às 12h00, conforme as disputas e ocorrerão na secretaria do campeonato instalada próxima a área de competição.

 

A 11ª Edição do Tambaba Open é apresentada pelo movimento NU/SONATA, tem como correalizadores a Prefeitura de Conde e a PBTUR e conta com o apoio do SEBRAE, FBrN/INF, NIP, Território Macuxí, FPbS, ASCC, Pranchas WM, Cut Back, Magnet Wax, R3 Surf, G, Plume Comunicação Visual, ACIC, ATCC, A Arca de Bilú Pousada e Restaurante, Tambaba Camping, Supermercado Novo Mundo e Loja do Motociclista.

 

Programação 11º Tambaba Open de Surf Naturista

8 e 9 de setembro de 2018 – Setor Naturista – Praia de Tambaba/PB - Brasil.

 

Sábado : 8/09/2018

12h15 – Abertura/ Congresso Técnico.

13h00 – Categoria Iniciante (classificatória).

14h00 – Categoria Local (classificatória).

 

Domingo: 9/09/2018

13h00 – Finais (iniciante e local).

14h00 – Classificatória/Final Open.

15h00 – Premiação dos Vencedores.

 

Programação paralela:

Show de Congraçamento ( Banda Reggaear)

Sábado: 08/09/2018

Horário: 21h00

Local: Restaurante a Arca de Bilú.

 

Contato

Carlos Santiago

Coordenação Geral:

 

(enviado em 26/08/18 por SONATA Naturismo

 

 

 
Dia 8 e 9 de setembro de 2018
 
Enviado por Descobrindo o Naturismo - visite o site.
 
(enviado em 1/08/18)

Olho nu - Copyright© 2000 / 2018
Todos os direitos reservados.